Carregando...
 

Internet

Compõe-se um enorme tear tecnológico, sobre o qual se tece uma malha global sobre a qual se bordam: as redes internas das organizações, estendidas sobre seus negócios e clientes, às escalas local e global, e estendidas também sobre os domicílios de seus empregados (por iniciativa empresarial ou individual); as redes institucionais constituídas pela estrutura governamental em seus diversos níveis; e, as redes comerciais e não comercias de serviços de comunicação e de informação.

Peter Burke

  • "Alguns críticos até temem que a Internet mine todas as formas de "autoridade", afete negativamente o comportamento e ameace a segurança individual e coletiva". (Uma História Social da Mídia, pag 16)

  • "um elemento essencial de sua razão de ser era que e rede pudesse sobreviver à retirada ou destruição de qualquer computador ligado a ela, e, na realidade, até à destruição nuclear de toda a "infra-estrutura" de comunicações ("infra-estrutura" era outra palavra nova). Essa era a visão do Pentágono". (Uma História Social da Mídia, pag 310)

  • "Berners-Lee tinha tomado "um sistema de comunicações poderoso, que somente a elite poderia usar, e transformando-o em meio de comunicação de massa". (Uma História Social da Mídia, pag 312)

Muniz Sodré

  • "Hoje, na Internet por exemplo, nunca as pessoas estiveram tão conectadas, tão ligadas, mas não vinculadas. (Entrevista de Muniz SODRÉ a Desirée RABELO da Universidade Metodista de São Paulo, Brasil)

Castells - A Sociedade em Rede

"Uma nova economia surgiu em escala global nas duas últimas décadas. Chamo-a de informacional e global para identificar suas características fundamentais e diferenciadas e enfatizar sua interligação. É informacional porque a produtividade e a competitividade de unidade ou agentes nessa economia (sejam empresas, regiões ou nações) dependem basicamente de sua capacidade de gerar, processar e aplicar de forma eficiente a informação baseada em conhecimentos. É global porque as principais atividades produtivas, o consumo e a circulação, assim como seus componentes (capital, trabalho, matéria-prima, administração, informação, tecnologia e mercados) estão organizados em escala global, diretamente ou mediante uma rede de conexões entre agentes econômicos. É informacional e global porque, sob novas condições históricas, a produtividade é gerada, e a concorrência é feita em uma rede global de interação. E ela surgiu no último quartel do século XX, porque a Revolução da Tecnologia da Informação fornece a base material indispensável para essa nova economia. É a conexão histórica entre a base de informação/conhecimento da economia, seu alcance global e a Revolução da Tecnologia da Informação que cria um novo sistema econômico distinto (...) (CASTELLS, 1999, p.87).”

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo, Paz e Terra, 1999.

Compartilhar

Notícias

Recomendamos o livro «Sobre a Essência da Informática», aos interessados em uma reflexão filosófica sobre a técnica, e em particular a informática. Para ler o livro é necessário o leitor Kindle, seja individual ou seja para PC, Mac ou IPAD. O livro pode ser comprado e baixado na: AMAZON e AMAZON BRASIL