A comunidade científica universal tornada possível pelos novos meios de comunicação é uma comunidade muito especial, composta de muitas pequenas comunidades, regidas por línguas, culturas, ramos do saber, ideologias, mas todas elas interligando-se nos mesmos espaços ou vias de comunicação. Nada mais errado do que conceber a comunidade científica universal como uma comunidade perfeitamente organizada, hierarquizada, regida toda ela pelos mesmos princípios e objectivos comuns. Muito pelo contrário, a nova comunidade científica será como uma imensa feira, onde permanentemente se trocam os conhecimentos mais díspares das formas mais díspares.

LEIA AQUI